Atenção

Os destaques em amarelo são campos que precisam ser alimentados pelo usuário e que muitas vezes possuem um texto sugestivo ou exemplificativo. Aliás, todos os modelos são exemplificativos. Por isso, salientamos a importância do auxílio de um advogado ou especialista para sanar quaisquer dúvidas na utilização dos arquivos.

Todo o conteúdo está sendo minuciosamente revisado, mas sempre que notarmos alguma falha ou algo a ser melhorado, atualizaremos o arquivo já publicado.

  1. Madalena Batista de Oliveira disse:

    Vou fazer um abaixo-assinado, parq que as reunioes do condominio passe a ser nos dias em que todos possam participar. Como que eu coloque no papel, como inicio? Gostaria que me explicasse

    • Viva O Condomínio disse:

      Saudações.

      As datas de assembleias deverá obedecer o contido em Convenção de Condomínio, ou mesmo diante da pura convocação do síndico.

      No entanto, caso tais assembleias estejam sendo realizadas em dias e horários inadequados, estes poderão ser revistos mediante deliberação em assembleia, a qual poderá deliberar sobre novas datas e horários.

      Insta salientar que, caso esteja previsto em Convenção, então necessitará do voto de 2/3 dos condôminos para alterar tais datas e horários.

      Ainda, caso o síndico se negue a convocar assembleia para tratar de tal assunto, poderá 1/4 dos condôminos convocar tal assembleia para decidir sobre novos horários e datas de assembleias.

      Atenciosamente,

      DR. FERNANDO PASSOS GAMA
      Advogado
      dr.fernandogama@yahoo.com.br
      (41) 99843-6445

  2. Leticia disse:

    Bom dia, o síndico apresentou a previsão orçamentária do condomínio, mostrando assim que nao teria o que fazer referente ao valor da taxa condominal, muitos moradores mesmo assim, estão querendo fazer abaixo assinado para tentar abaixar o valor. Mesmo sabendo que nao teria da onde tirar, pois o condominio ficaria inadimplente, isso pode ocorrer?Se sim, quantas assinaturas são necessárias

    • Viva O Condomínio disse:

      Prezada Letícia, a previsão orçamentária reflete os gastos realizados no ano anterior com a projeção para o próximo ano com os devidos reajustes. Fazer algo diferente disse comprometerá o caixa do condomínio e o síndico terá que escolher qual conta não irá pagar. Acredito que ao invés de abaixo assinado esse grupo de moradores poderia pensar em ajudar o síndico a encontrar uma saída, quem sabe negociar valor de contratos ou cobrar os devedores.

      Att

      Dr. Fernando Zito

  3. Reginaldo disse:

    comprei um terreno em um loteamento (duas ruas apenas 58 casa). fundou-se uma associação de moradores e começou-se a pagar uma taxa para comprar um portão e pagar um vigilante. Passados 10 anos, os moradores se reuniram e na assembleia aprovou-se a mudança de loteamento para condomínio, hj com CNPJ, mas sem registro da convenção (aprovado sem o quorum mínimo) e ata no cartório de imóveis. Como o valor da taxa ficou alta para os padrões dos moradores, agora os mesmos querem retornar para loteamento e reaver a associação. Inclusive por inadimplência, o síndico já ajuizou diversas ações extrajudiciais. De acordo com a consulta feita no cartório de Imoveis do município, este loteamento jamais poderá ser condomínio ou mesmo cobrar taxas. Isso procede? o que pode ser feito?
    desde já agradeço pela atenção.
    reginaldo silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *