Notícias Manutenção Interna

Anuncie aqui

Após rodízio de abastecimento, prefeitura orienta limpeza das caixas d’água

Publicado em: 2 de maio de 2022

Recomendação é que a higienização regular seja feita a cada seis meses. Mas, em casos de desabastecimento, como o que ocorreu em Betim nos últimos dias, ela deve ser limpa

 

limpeza das caixas d’água

 

As caixas d’água são os principais reservatórios das nossas casas e mantê-las limpas é essencial para garantir a qualidade da água consumida no nosso dia a dia. A recomendação é que a limpeza da caixa d’água regular seja feita a cada seis meses. Mas, em casos de desabastecimento, como o que ocorreu em Betim nos últimos dias, a caixa também deve ser limpa.

Segundo a diretora de Vigilância à Saúde de Betim, Fábia Ariane e Fonseca, “quando há desabastecimento ou fornecimento irregular de água, pequenas sujidades podem entrar pela tubulação e contaminar água da caixa d’água. Por isso, é importante mantê-las limpas pelo menos a cada seis meses ou em situações em que a potabilidade for colocada em risco por causa de sujidades”, diz.

O Programa Nacional de Vigilância da Qualidade da Água para Consumo Humano (Vigiágua), coordenado em Betim pela Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Ambiental, monitora a qualidade da água para consumo humano fornecida pelo sistema de abastecimento. Nos primeiros 15 dias de março, foram coletadas 44 amostras em caixas d’água de 22 instituições de uso coletivo, como escolas e prédios públicos.

A análise das amostras indica que a água fornecida está dentro das conformidades e própria para o consumo humano. “Contudo, é importante ressaltar que, mesmo que a água fornecida esteja própria para o uso humano, se a caixa d’água estiver suja, ela será contaminada e poderá causar sérios problemas de saúde. Por isso, é importante mantê-las limpas fazendo a higienização a cada seis meses”, reforça Fábia.

VEJA O PASSO A PASSO PARA FAZER A LIMPEZA DA CAIXA D’ÁGUA:
  1. Programe uma data para fazer a limpeza e feche o registro no dia anterior;
  2. Deixe o nível da água dentro da caixa em aproximadamente um palmo e feche o registro da água para a casa;
  3. Limpe a tampa da caixa d’água a parte;
  4. Use um pano úmido para lavar o interior da caixa ou, se ela for de fibrocimento, use uma escova de cerdas macias;
  5. Não use escova de aço, vassoura, sabão, detergente outros produtos químicos, que podem danificar ou deixar resíduos;
  6. Retire todo o resíduo do fundo do reservatório, deixando a caixa totalmente limpa e seca;
  7. Com a saída de água ainda fechada, deixe entrar um palmo de água e adicione 2 l de água sanitária.
  8. Molhe as paredes internas da caixa e da tampa, incluindo as bordas, com a ajuda de pano ou balde, e deixe a solução agir por duas horas;
  9. Após, abra lentamente as torneiras da casa, deixe escoar a solução para preencher as tubulações. Feche as torneiras e deixe agir por mais 2h;
  10. Ao final das 2 horas, esvazie totalmente a caixa, abrindo as torneiras e dando descargas nos vasos sanitários;
  11. A caixa está limpa e o registro pode ser aberto para enchê-la;
  12. Deixe a caixa d’água bem tampada para evitar contaminação.

 

Fonte: O Tempo Betim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *