Notícias Manutenção Interna

Anuncie aqui

Calçamento das ruas do condomínio. Qual é o melhor?

O calçamento das ruas do condomínio ainda é um assunto com pouco destaque entre os moradores e, muitas pessoas nem dão atenção à este detalhe.

 

Calçamento das ruas do condomínio. Qual é o melhor?

 

O fato é que, antes do processo de pavimentação, é preciso pensar em alguns pontos como manutenção, durabilidade, harmonização com o local e questões ecológicas para que seja feito um bom trabalho que não prejudique o meio ambiente ou os moradores.

A grande questão é: qual o melhor tipo? asfalto, concreto ou bloco?

Sabendo que, em um condomínio, a circulação de automóveis e pedestres é regular, é ideal optar por um material resistente ao frequente atrito.

asfalto é o mais utilizado como calçamento das ruas do condomínio e em garagens abertas, devido ao custo-benefício. Porém, exige manutenção com certa frequência, já que sua durabilidade é de, aproximadamente, 5 anos.

Existe também, um novo tipo de asfalto que, em questões ambientais e financeiras, ganha ponto positivo. O que o torna melhor é o reaproveitamento da borracha do pneu que, trituradas, constituem cerca de 20% de sua composição, além do valor mais baixo.

O calçamento com blocos também possui suas vantagens. Dependendo do formato, podemos formar desenhos no chão, harmonizar as cores do bloco com cores da pintura do condomínio, deixando o local bonito e organizado.

Outra vantagem de utilizar blocos para o calçamento é que são de fácil manejo, ou seja, se for necessário alguma reforma subterrânea é possível retirá-los e recolocá-los.

Existe outra opção, que é o calçamento de concreto (ou de cimento). Dependendo da forma de aplicação, poderá exigir manutenções regulares devido ao desgaste.

Para este tipo de pavimento, é importante trabalhar no acabamento, para deixar liso e alinhado, sem ondulações.

O ponto negativo é que o resultado final não é tão bonito quanto o do calçamento de blocos ou asfalto.

Áreas comuns

Já nas áreas do condomínio onde há grande circulação de crianças, como nos playgrounds, é importante que o calçamento seja antiderrapante e tenha menor aderência com a pele, para o caso de alguma criança cair, o que é muito comum.

Hoje, podemos encontrar os “pisos macios”, que são os pisos compostos de borracha e que, de fato, possuem aspecto almofadado ao pisar, podendo amortecer a queda (e machucando menos).

Para cada área de um condomínio existe um modelo ideal para calçamento, porém é de responsabilidade da administração e não da prefeitura da cidade, como muitos pensam.

Inserir este assunto como pauta em uma assembleia, certamente proporcionará um debate para que todos cheguem a um acordo.

 

Leia mais notícias em nosso site

 

Fonte: https://condominioriverside.com


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *