Notícias Dia Interna

Anuncie aqui

Condomínio de praia: 5 dicas para não errar na escolha do imóvel

Publicado em: 18 de novembro de 2021

Escolher um imóvel em condomínio de praia requer cuidados e avaliações específicas. Veja dicas indispensáveis para escolher um bom imóvel de veraneio.

 

Condomínio de praia: 5 dicas para não errar na escolha do imóvel

 

Você está pensando em escolher um imóvel em um condomínio de praia? É muito bom não depender de hotéis e pousadas para curtir temporadas bem perto do mar. Se for junto com a família e amigos, melhor ainda!

Mas será que vale mais a pena uma casa em condomínio fechado na praia ou é melhor um apartamento no litoral? Neste artigo, vamos falar sobre vários aspectos que devem ser levados em consideração ao escolher um condomínio de praia.

Fique atento às vantagens e aos cuidados e faça um bom negócio.

5 dicas para não errar na escolha do imóvel num condomínio de praia
1. Diversão com segurança

Quem procura um imóvel num condomínio de praia certamente busca por opções de lazer de qualidade. Afinal, nada como recuperar as energias depois de períodos estafantes nos grandes centros urbanos.

Para usufruir dos benefícios e de todo bem-estar proporcionado por seu investimento, fique atento à estrutura de lazer oferecida pelo condomínio.

Muitas vezes, eles oferecem bons terrenos para as casas, mas não dão a mesma atenção às especificidades rigorosas para os espaços comuns, nos quais os moradores terão atividades de lazer.

Aqui estamos falando de churrasqueiras, salões de festas, playground, quadras poliesportivas,  piscinas, vestiários, locais para lanches e refeições, academias de ginástica e até cinemas.

Repare se os locais destinados a tudo isso possibilitam segurança e diversão ao mesmo tempo.

2. Liberdade de ir e vir

Falando em segurança, não se deixe iludir pela intensificação do policiamento nas praias do litoral brasileiro durante o verão. Os governos estaduais tendem a enviar pessoal somente nesta estação do ano. Sendo que durante os meses restantes as medidas que visam segurança deixam a desejar.

O empreendimento pode oferecer estrutura própria, mas de nada adianta se o bairro e a cidade não forem equipados igualmente. Ninguém deseja ficar preso entre os muros do condomínio de praia, não é mesmo? Esta restrição deve ser avaliada.

3. Perfil da família

Para que seu sonho de ter um imóvel num condomínio de praia não se torne um pesadelo, no seu planejamento inicial converse com sua família para avaliar em conjunto se desejam uma casa térrea ou apartamento.

Esta decisão facilita porque pode ser o primeiro filtro na sua pesquisa de condomínios na região que você prefere.

São infinitas opções entre casas grandes com piscina em condomínios luxuosos à beira-mar, sobrados, imóveis menores mas que também abrigam vários quartos, com ou sem vista pro mar, apartamentos discretos ou gigantes.

Enfim, é preciso estabelecer o perfil do imóvel que melhor atenda as necessidades da família.

Um fator fundamental na decisão sobre apartamento versus casa térrea é que o primeiro geralmente se localiza em empreendimentos menores. Menos unidades podem significar um pouco mais de tranquilidade, mas menos privacidade.

Já as casas térreas são distribuídas em terrenos por lotes, o que prevê mais privacidade, mas  também custos maiores pra construção. Mas esta não é uma regra geral. O ideal é levar isso em conta ao listar os pontos que realmente interessam a você e à sua família.

4. Emergências por perto

Na sua busca por boas oportunidades, analise se o condomínio de praia com casas de veraneio ou apartamentos oferece boa infraestrutura urbana por perto.

É muito bom ficar próximo à natureza, mas ninguém está livre de precisar de algo urgente.

Verifique se nos locais dentro de um raio de 5 a 10 quilômetros há itens como comércio, hospitais e segurança. Principalmente se você tem crianças ou idosos na família, priorize ter o conforto de contar com deslocamentos mais curtos. Seja nas demandas do dia a dia ou em situações emergenciais.

5. Referências valiosas

Visite diversas vezes os condomínios preferidos. Frequente-os em horários diferentes e também na baixa temporada, além do verão. Porque somente assim é possível constatar o volume dos barulhos do entorno, a movimentação de trânsito nas ruas principais e a qualidade dos serviços prestados.

Porque além de diversão, você deve estar querendo também descanso e momentos de repouso. Mais que somente observar, é interessante conversar com pessoas que vivem no local.

Desta forma, você consegue ter uma ideia mais acertada sobre o que sua vizinhança tem de bom e de não tão bom. Funcionários que trabalham no condomínio de praia também são boas referências. Eles  vivenciam a realidade do local diariamente e podem dar dicas valiosas.

 

 

Fonte: Tudo Condo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *