Notícias Dia Interna

Anuncie aqui

Dicas para ter cachorro morando em apartamento

Publicado em: 29 de junho de 2022

Confira como viver da melhor forma com seu pet em um espaço reduzido

 

cachorro

Hoje em dia, é normal ter cachorro morando em apartamento, pois cada vez mais as pessoas começaram a se aproximar dos animais de estimação. Principalmente no período da pandemia, com o isolamento, as pessoas optaram por não ficarem mais sozinhas e, assim, adotaram pets. Sendo assim, hoje nós vamos dar dicas para ter cachorro morando em apartamento.

Como as pessoas se acostumaram a viver em apartamentos, é possível que os cachorros se habituem também. Assim, vamos dar algumas dicas de sucesso para que seu cãozinho fique saudável e se sinta confortável morando com você.

Saiba, porém, que o cachorro em apartamento precisa ter o seu espaço e que, além disso, sejam feitas caminhadas para que ele se exercite. Dessa forma, a legislação prevê que o cachorro em apartamento deve ser de tamanho pequeno ou médio.

Dicas para ter cachorro morando em apartamento

Estas dicas apresentadas a seguir servem para ajudar o seu cachorro a se adaptar da melhor maneira em um espaço reduzido.

Saiba da legislação que regulamenta cachorro em apartamentos

A legislação prevê que nenhum condomínio pode proibir a presença de pets dentro dos apartamentos, por considerar que os animais de estimação fazem parte do patrimônio do morador. Assim, é o direito de propriedade.

O que pode ocorrer é que a Convenção Coletiva do Condomínio coloque restrições sobre a circulação nas áreas comuns, como estar de coleira ou no colo, por exemplo.

Se o seu contrato for de locação, é conveniente que você observe o documento, uma vez que o locatário pode proibir a presença de animais de estimação em seu imóvel.

Estude sobre as raças que mais se adaptam em apartamento

Sabemos que o comportamento do cachorro é influenciado principalmente pela forma como ele foi criado. Mas, existem algumas raças em que as características se sobrepõem à criação.

Como exemplo, podemos citar que a raça Shih-tzu não late muito e é mais tranquila, já o Lhasa Apso late bastante e é agitado. Mas, os SRD (sem raça definida) adquiridos por adoção, costumam aceitar tranquilamente o espaço que lhe deram, desde que tenha carinho e atenção.

Eduque o seu cachorro para fazer as necessidades fisiológicas no lugar certo

O seu cachorro precisa aprender a fazer as suas necessidades no lugar estipulado por você. Assim, o ideal é comprar tapetes higiênicos e tentar sempre “premiar” o pet cada vez que ele fizer xixi e cocô no lugar certo. Dessa forma, logo ele irá aprender.

Porém, não coloque o tapete higiênico perto do local onde ele come, pois assim não irá fazer as necessidades ali. Se você usar uma peça da casa para deixar as coisas do seu cachorro, opte sempre por colocar o tapete higiênico no lado contrário do pote de comida e água.

O tapete fará com que ele se acostume a fazer suas necessidades em um local próprio e, assim, vai evitar que você tenha que sair para a rua com o pet para ele fazer cocô.

Se você fizer isso, leve junto uma sacolinha de mercado ou de lixo e recolha, afinal, ninguém é obrigado a conviver com o cocô do seu cachorro. É uma questão de bom senso.

Leve seu cachorro para passear todos os dias

Passear todos os dias faz com que o cachorro gaste as suas energias e tenha estímulos novos: novos cheiros e novos ares. Além disso, o cachorro que passeia fica menos ansioso, menos estressado e “come” menos os móveis.

Deixe brinquedos pela casa para que seu cachorro brinque

Adquira brinquedos para o seu cachorro e deixe-os pela casa para que ele se distraia enquanto você não está no local. Opte por brinquedos que fazem barulho ou que tenham a possibilidade de pôr ração dentro, pois isso estimula a busca pela comida e desenvolve o seu olfato.

Mas, não esqueça: de nada adianta você colocar bolinhas no chão e querer que ele saiba ir buscá-las se você não ensinar!

Sendo assim, ele só vai aprender a fazer as coisas se você tirar um tempinho para brincar e ensinar como faz. Não adianta ver na televisão os cachorros que buscam chinelos, coleiras e afins e achar que eles aprenderam sozinhos. Você tem que fazer isso, antes de tudo.

Dedique seu tempo e brinque com o seu cachorro, ensine alguns truques, estabeleça sentimentos, tenha um amigo para sempre!

Por fim, essas foram as dicas para ter cachorro em apartamento. O carinho de um cachorro é muito difícil de encontrar em outro lugar e com o bom convívio de vocês, certamente os dias serão mais leves e fáceis para aguentar as tarefas do dia a dia!

 

 

Fonte: Notícias Concursos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *