Notícias Manutenção Interna

Anuncie aqui

Diminua o impacto ambiental da construção em 3 passos

Com planejamento também é possível gastar menos com materiais. Dicas simples podem ajudar a minimizar o impacto ambiental da sua construção. Siga três passos para construir de forma sustentável

 

Vai construir ou reformar? Um projeto de arquitetura bem pensado e o uso de algumas soluções simples podem ajudar a minimizar o impacto da construção sobre o meio ambiente. Preparamos três passos para te ajudar:

impacto ambiental
Casa sustentável em Cotia, na Grande São Paulo, projetada pela arquiteta Flávia Ralston. O piso de concregrama foi empregado para manter o máximo de área permeável possível (Foto: Zeca Wittner)

 

PASSO 1- O PROJETO PRECISA:

 

Ser na medida

Pense em suas atividades diárias: quantos ambientes e quais você precisa? O que você precisa colocar dentro deles? Converse com o arquiteto e ele vai te ajudar a ter aquela casa na medida com tudo bem planejado! Casas assim, compactas, consomem menos materiais e acabamentos e de quebra você gasta menos dinheiro na construção. Lembre-se: espaços ociosos ou mal planejados, que às vezes nem dá pra usar, custam caro!

Evitar desperdício

Planejamento e organização ajudam a reduzir o desperdício, melhoram o prazo de execução e diminuem o custo da obra. Quanto menor o desperdício, menores os resíduos de construção como papelão, metais, madeira, gesso, plástico, restos de concreto e cimento. Evite mudar de ideia no processo e  contrate bons profissionais para não ter que refazer coisas que ficaram mal feitas!

Posicionar bem a casa no terreno

É essencial pensar na orientação solar para posicionar os ambientes e aproveitar melhor o calor e a iluminação natural! Nem sempre é possível que todos os ambientes da casa recebam sol diretamente. A solução é deixar ambientes de maior permanência para as faces mais ensolaradas. Os dormitórios devem pegar o sol da manhã e até o anoitecer, esse cômodo terá tempo de resfriar. Áreas de serviços e circulações podem abrir para faces com menos sol. Vale também deixar janelas amplas e iluminação zenital (aquela que vem do teto) para aproveitar melhor a luz solar.

Privilegiar a ventilação natural e cruzada

Pense em aberturas para ventilação natural e em janelas e portas posicionadas em paredes opostas. Elas melhoram a circulação de ar e são  um ótimo jeito de deixar a casa com temperatura agradável, além de eliminar ou minimizar o uso dos aparelhos de ar condicionado.

Iluminação e ventilação naturais são dicas sustentáveis (Foto: Shutterstock)

 

PASSO 2- FAÇA ESCOLHAS SUSTENTÁVEIS COMO:

 

Usar materiais ecológicos

Que tal pesquisar e optar por utilizar materiais produzidos com menor impacto para o meio ambiente? Como tintas sem componentes tóxicos, materiais reciclados , sistemas construtivos inteligentes  e madeiras certificadas.

Instalar placas coletoras de energia solar

É melhor instalar o sistema para energia solar durante a obra. Mas, se o orçamento estiver curto pode deixar a infra-estrutura pronta para uma futura instalação.

Captar água de chuva

Que tal criar um sistema de coleta e armazenamento de  água da chuva que permita que ela seja usada para situações que não requerem água potável, como regar o jardim, lavar o quintal ou para a descarga do banheiro. E tem sistemas bem simples e baratos para armazenar a água.


Trabalhar o paisagismo

A vegetação pode ser uma aliada no conforto térmico da casa. Com ela você pode trazer sombra para as fachadas e áreas de lazer. As áreas permeáveis, como gramados, ajudam no escoamento da água.  O telhado verde também é uma boa opção. Além da diversão de usar uma área verde, ele gera conforto térmico e acústico da casa e contribui pra diminuir a poluição ambiental e aumentar a umidade do ar.

Outra solução simples é instalar sensores de presença nos ambientes de passagem. A luz só será acesa quando alguém estiver no local.

 

PASSO 3- USE A CASA COM CONSCIÊNCIA:

Também não adianta fazer tudo certo e ligar a mangueira pra lavar o quintal todo santo dia! Muito se tem falado em hábitos inteligentes de consumo e uso consciente. Conheça seus aparelhos e siga as instruções de uso do fabricante, faça manutenções preventivas para aumentar a vida útil da construção. É fácil, vamos lá!

 

Fonte: www.100pepinos.com.br


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *