Notícias Manutenção Interna

Anuncie aqui

A importância da sanitização de ambientes para auxiliar no controle do coronavírus

Publicado em: 1 de abril de 2020

A sanitização é a aplicação de produtos em áreas abertas ou fechadas para eliminar agentes patogênicos invisíveis a olho nu, como bactérias, fungos, ácaros e vírus.

 

sanitização de ambientes para auxiliar no controle do coronavírus

 

Essa aplicação é feita com produtos e equipamentos especiais que auxiliam a controlar o acúmulo de microorganismos que disseminam doenças respiratórias, além de contribuir para a conservação de alimentos e objetos (o mofo e as bactérias ajudam a deteriorar os materiais).

A aplicação do produto sanitizante deve ser feita com aparelhos adequados, por uma equipe de especialistas utilizando equipamentos de proteção individual, com isolamento do local, ou seja, não pode haver circulação de pessoas durante a aplicação e até algumas horas após o procedimento.

Os produtos não são inflamáveis ou corrosivos, e alguns são indicados pelo Ministério da Saúde e ANVISA para o controle do coronavírus. A ação do produto forma uma espécie de película protetora nas paredes do ambiente tratado, e isso resulta numa efetividade contra proliferação de microorganismos.

As residências e estabelecimentos comerciais podem contratar o serviço de sanitização, especialmente aqueles onde há grande circulação de pessoas. O ideal é que, periodicamente (pelo menos a cada 3 meses), os estabelecimentos realizem a sanitização para controlar a proliferação de bactérias, ressaltando que o efeito do produto permanece enquanto o local não é contaminado (orientamos que sejam tomadas medidas de higiene para melhor duração do procedimento).

Outros estabelecimentos que merecem atenção são: consultórios, hospitais e clínicas em geral, onde circulam diversos pacientes, trazendo vírus e bactérias da rua para dentro do recinto.

A sanitização tem sido usada mundialmente no controle do coronavírus, por meio da aplicação em vias públicas e principais áreas de circulação de pessoas. A tendência é que o serviço seja cada vez mais utilizado principalmente por hotéis, pousadas, lojas, escritórios e veículos de transporte de passageiros.

Nas residências e hotéis, é necessário manter a atenção para higienização de cortinas, sofás e camas. Os travesseiros armazenam grande quantidade de ácaros, o que compromete a qualidade do sono das pessoas. Para evitar problemas, é possível realizar a sanitização de colchões, tapetes e estofados.

Nossa recomendação é que os interessados contratem uma empresa especializada e que utilize produtos qualificados para garantir um bom resultado.

 

Conheça a DEDECOM Dedetizadora e realize a SANITIZAÇÃO em seu condomínio ou residência!

 

 

 

 

 

 

Escrito por:

Karla Pluchiennik Moreira

Administradora de empresas, pós-graduada em direito empresarial, coach, practitioner em programação neurolinguística (PNL) e diretora do Viva o Condomínio. 

 

 

 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *