Notícias Decoração Interna

Anuncie aqui

Tapete para quarto: modelos e cuidados

Publicado em: 3 de maio de 2022

Beleza, conforto e integração: o tapete para quarto é um elemento importante na decoração desse ambiente mais reservado

 

 

O tapete pode parecer um elemento simples na decoração, mas se torna importante ao garantir acolhimento, beleza, além de delimitação de espaço para o conceito de integração. Cai bem em todos os ambientes, mas traz sensação de conforto no quarto. Mesmo sendo um ambiente de exposição limitada de pessoas, por ser um objeto que costuma se destacar, é preciso que ele esteja bem inserido na decoração. A manutenção também deve ser levada em consideração na hora da escolha.

O quarto é um ambiente que tem circulação menor de pessoas e esse pode ser um fator determinante para a escolha do tapete que ficará nesse espaço. “Com um fluxo menor de pessoas, os tapetes felpudos são bem-vindos, uma vez que corroboram para a sensação de comodidade que o ambiente deve transmitir. Pensando na hora de levantar-se, eles vão bem ao lado da cama”, explica a arquiteta Júlia Guadix, do escritório Studio Guadix.

Medidas devem ser proporcionais

Na hora de escolher o tapete para o quarto, a preocupação não deve ser apenas em relação ao material ou cor. É preciso pensar também no tamanho, já que ele precisa manter a proporcionalidade no ambiente. “Para o tapete para quarto é recomendado que ele envolva cama, cabeceira e móvel lateral. Todavia, é possível reduzir essa área, pois a ideia principal é dispor o tapete ao lado da cama”, acrescenta a arquiteta.

É recomendado que o tapete envolva cama, cabeceira e móvel lateral
É recomendado que o tapete envolva cama, cabeceira e móvel lateral
Cuidados e manutenção do tapete para quarto

Alguns cuidados devem ser tomados ao escolher o tapete para quarto. “Deve-se evitar o objeto quando tem alérgicos no ambiente. Casas com idosos e crianças pequenas, deve-se preferir malhas emborrachadas para o tapete aderir ao chão e não ter perigo de escorregar. Para casas com pets, tapetes de polipropileno, suede, sarja e lona são excelentes por conta da higienização prática e durabilidade”, detalha Júlia.

A arquiteta orienta a utilização de aspirador de pó na manutenção diária e retirada para lavanderia uma vez ao ano ou sempre que o item estiver sujo. “Mas se cair algo sólido, a dica é retirar com cuidado, visto que se for uma substância pegajosa corre-se o risco de grudar na superfície do tapete”, diz. Com líquidos, ela aconselha pressionar com folhas de papel toalha até perceber a absorção completa. “Se ficar uma mancha, o melhor é empregar sabão líquido neutro com esponja macia ou paninho e fazer movimentos delicados para não desconfigurar a fibra do tapete”, conclui.

 

Fonte: Zap Imóveis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *