Notícias Decoração Interna

Anuncie aqui

Um simples revestimento pode mudar tudo na decoração da cozinha

Designer mostra que além de embelezar a cozinha, escolher um revestimento pode ser opção mais econômica do que reformar tudo.

Um simples revestimento pode mudar tudo na decoração da cozinha

Mudar a cozinha normalmente é projeto que exige tempo e dinheiro, não há como negar. Do revestimento à marcenaria, tudo isso tem um custo. Mas dar aquele “up” ao ambiente pode ser mais fácil do que se imagina e mais em conta se você optar só pelo revestimento na acima da bancada da cozinha, o chamado “frontão”.

É claro que nem essa tarefa parece fácil já que nas lojas há muitas opções.  Mas vale destacar a importância de optar por revestimentos impermeáveis e fáceis de limpar.

Se você gosta de um estilo mais clássico, pode optar pelas pastilhas ou os azulejos. Há também os ladrilhos hidráulicos e as cerâmicas que imitam ladrilhos.

“Há uma diversidade muito grande no mercado, com diferentes acabamentos que podemos utilizar acima da bancada da área molhada e seca, da cozinha ou área gourmet. Os tipos que o mercado oferece podem ser cerâmicos, porcelanatos, granitos ou mármores, espelho, pastilha, ladrilho ou tinta epoxi. Mas cada um desse tem cuidados que são necessários”, explica a designer de interiores Cristiane Alves que dá dicas de como mudar esse ambiente sem gastar muito.

“Optar por um revestimento novo nessa parte da cozinha tende a decorar e você ter projetos únicos, no qual é possível renovar dando mais personalidade com cores, formatos e texturas”, ressalta.

Ultimamente, em muitos sites de dicas, você encontra os de formatos hexagonais ou materiais que imitam mármore e granitos e os acabamentos com efeito 3D como os preferidos para quem busca mudanças.

Para quem optar pelas pastilhas, que também fazem sucesso, é possível encontrar uma infinidade de materiais. A pastilha de vidro é uma tendência, uma opção moderna e durável. E ainda existe a pastilha adesiva, que é mais fácil de instalar, pois não necessita ser assentada.

 

 

Fonte: Campo Grande News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *