Notícias Decoração Interna

Anuncie aqui

Veja dicas para fazer um isolamento acústico residencial e evitar ruídos

Saiba identificar de onde vem o barulho e adote soluções para remediar o problema

 

As construções mais antigas, com suas lajes e paredes espessas, tinham ótimo isolamento acústico. Para reduzir custos, algumas empresas começaram a usar estruturas e divisórias mais finas e ocas, deixando o caminho livre para barulhos. Muitas vezes é possível ouvir o ruído da descarga do apartamento do lado ou a conversa dos vizinhos.

Soluções simples ajudam a acabar com os dilemas de barulhos em casa e problemas com os vizinhos (Fotos: Shutterstock)

 

 

Porém, em julho de 2013, entrou em vigor a NBR 15.575, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que estabelece índices mínimos de isolamento para pisos, paredes, coberturas e fachadas de construções residenciais. As construtoras têm de contemplar o isolamento acústico. Mas o que fazer quando você mesmo constrói a sua casa?

Para garantir uma casa silenciosa é bom pensar nisso durante a construção. Existem diversos materiais e componentes que absorvem o som ou impedem que os ruídos passem de um ambiente para outro, tais como paredes espessas ou com mantas de isolamento no seu interior, vidros duplos, portas e janelas com boa vedação, entre outros.

 

Tapetes felpudos e macios ajudam a evitar ecos

 

Exemplo: problemas de reverberação do som (eco) podem ser resolvidos com mudanças na decoração. Vale incluir tapetes, painéis de madeira, poltronas e cortinas. Quanto mais lisa e dura a superfície mais o som reverbera. Então use materiais felpudos e macios para absorver o som.

Portas e janelas bem vedadas ajudam a fazer isolamento acústico residencial

Onde entra ar, entra som. Para vedar melhor a entrada do barulho, uma solução é trocar as portas e janelas por caixilhos acústicos feitos normalmente de PVC ou alumínio, e compostos por vidros duplos ou triplos, que não deixam o ruído externo passar. Só que estas janelas tem um custo muito mais alto que as comuns. Escolha bem onde comprar e preste atenção se o produto realmente oferece a vedação adequada.

Janelas e portas precisam ser bem vedadas

 

Se a construtora entregou seu apartamento com as portas em madeira compensada oca, pense em trocar pelo menos a porta da frente por uma porta de madeira maciça, que é muito melhor para a acústica e para segurança.

Se a grana está curta você pode usar persianas em formas de rolo e cortinas com um tecido grosso, tipo linho ou veludo, que minimizam a propagação do som.

Quando o barulho passa pela parede

Paredes mais espessas, de tijolos maciços ou ocas – do tipo Drywall -, e preenchidas com revestimento acústico interno barram melhor o som. Mas se o ruído passa pelas paredes de fachadas e paredes internas, a dica é usar materiais como placas de lãs de rocha, revestimentos especiais, painéis de madeira, revestimento de gesso acartonado ou, mesmo, tapeçarias, que quando aplicadas sobre a parede melhoram o isolamento. Vale lembrar que não adianta ter uma parede com bom isolamento e uma janela deixa passar o barulho. Pense no conjunto!

Parede de tijolo é um bom isolante acústico residencial

 

O ruído que vem do piso

 

Você ouve o “toc toc” do sapato ou as patinhas do cachorro do vizinho que mora no andar de cima? Ou você não quer que o apartamento de baixo reclame dos mesmos barulhos? Os pisos frios, como os porcelanatos, provocam muito eco. O revestimento que melhor isola o som é o mais denso, como carpetes, tacos de madeira, mármores ou pisos vinílicos.

Se for construir ou reformar o piso pense em fazer o isolamento acústico corretamente. Antes de instalar o piso e depois do contrapiso aplique mantas acústicas sobre a laje. Depois instale o piso, os chamados pisos flutuantes, como os laminados e a madeira, que já têm opção de instalação com mantas acústicas.

 

Piso laminado é um dos mais procurado em lojas de construção

 

Existem alternativas de manta para pisos cerâmicos e porcelanatos, como a de cortiça aglomerada, mas seu uso não é muito comum. Se a casa já está com o piso pronto, uma boa dica é usar tapetes, bem felpudos para reter o som.

 

Dá para melhorar o isolamento acústico residencial com forro 

 

Telhado sem forro ou sem laje é barulho na certa! Se sua casa não tem laje, não deixe direto na telha. Você pode usar uma manta acústica entre a telha e o forro para minimizar a passagem do som. Também pode fazer um forro acústico, de madeira ou um forro de gesso triplo que isola como uma laje.

É possível usar uma manta acústica entre a telha e o forro para minimizar a passagem do som

 

Se estiver em um apartamento – mesmo tendo laje – e quiser fazer isolamento acústico, você pode escolher usar forros acústicos Há diversos tipos com diferentes acabamentos. Os mais comuns são os tipos de fibramineral modulares, com vários modelos para colocar em sua residência.

Paisagismo como barreira

Vegetação densa e de diferentes alturas pode funcionar como uma barreira acústica em casas, assim como desníveis no terreno cobertos de gramas e vegetação.

Parede verde, ou jardim vertical, pode servir de barreira contra o ruído

 

 

 

Em apartamentos, os jardins verticais podem atenuar os ruídos. Só que as soluções com vegetação precisam de bastante espaço para formar uma massa densa. Não é qualquer arbusto que dá conta do recado. E cuidar da barreira vegetal requer cuidados na manutenção.

 

 

Fonte: www.100pepinos.com.br


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *