Publicado em 20 de abril de 2020

Coronavírus: Quais cuidados devo tomar na utilização do elevador?

É importante evitar elevador lotado e prestar atenção na hora na hora de abrir a porta ou acionar os botões. Veja as dicas na utilização do elevador

É importante evitar elevador lotado e prestar atenção na hora na hora de abrir a porta ou acionar os botões.

Coronavírus: Quais cuidados devo tomar na utilização do elevador?

Uma das principais recomendações para evitar a expansão da Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, é evitar aglomerações. Essa preocupação também deve estar presente no momento de pegar um elevador.

“As pessoas devem ter o cuidado no elevador, por que se ele vier com 4 ou 5 pessoas, ela aguarda, não entra. Espera uma próxima oportunidade. Esse é o tipo de situação que tem que prever. Ela pode terminar encontrando – num ambiente fechado – um número de pessoas em que uma delas pode estar gripada, espirrar, tossir e aquele ambiente vai ficar contaminado” – secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, no sábado (21)

A Associação Brasileira das Empresas de Elevadores (Abeel) divulgou dicas para os usuários dos cerca de 400 mil elevadores que funcionam em todo o país:

1- Se puder, use as escadas

Que tal aproveitar para gastar energia durante esse período em que estiver em quarentena? Caso precise descer dois andares ou subir apenas um, vá pelas escadas! Assim você evita ficar em um ambiente com ventilação restrita e ter contato com botões que podem estar infectados pelo Sars-Cov-2.

2 – Evite elevador cheio

Com o elevador cheio, você não consegue manter um metro de distância que é recomendado para não se contaminar ou contaminar outra pessoa caso esteja doente. Por isso, espere a próxima viagem.

3- Atenção na hora de tocar os botões e abrir a porta

Você pode utilizar um lenço de papel para chamar o elevador, abrir a porta e acionar os botões dos andares. Essa é uma alternativa quando não se pode lavar as mãos em seguida, ressalta o infectologista Wladimir Queiroz, do Instituto de Infectologia Emílio Ribas.

4 – Evite encostar nas paredes

Alguém contaminado pode ter encostado, por exemplo, a mão contaminada ao se apoiar dentro do elevador. Por isso, evite se apoiar nas paredes para reduzir as chances de entrar em contato com o vírus.

5 – Limpar o elevador a cada duas horas

Os condomínios também podem contribuir para reduzir a propagação do novo coronavírus reforçando a limpeza do elevador a cada duas horas, dependendo do fluxo de pessoas que o utilizam.

Para que a medida seja ainda mais eficaz, vale limpar também maçanetas e corrimões de todo o andar.

Fonte: G1

Assine a newsletter do Viva e receba
notícias como esta no seu e-mail

    Comente essa postagem

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos marcados com * são obrigatórios.

    Seu comentário será moderado pelo Viva o Condomínio e publicado após sua aprovação.